RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A nova BMW R1250GS arrefecida a água está chegando!!!


Bem....

Parece que agora não tem mais volta mesmo! Finalmente a nova R1250GS Adv (que provavelmente venha a chamar-se de R1300GS) já anda circulando pela europa em testes finais ao que tudo indica. Dizem as boas líguas que no Salão de Milão já estará exposta, começando a ser comercializada em 2013.

Apesar de contar com algumas "máscaras" já é possível vislumbrar bem as linhas da mesma.

Não deve ser mudada muita coisa com relação a peso e potência da moto. Se por um lado podem se suprimir alhetas do motor reduzindo o peso, por outro tem de se somar o radiador e provavelmente uma ventilação forçada. Da mesma forma, dizem alguns que a intenção da BMW com a refrigeração líquida não parece ser aumentar a potência do motor da GS, mas sim simplesmente cumprir as cada vez mais rígidas normas de emissões européias, seja de gases, seja de ruído. Aliás, a R1250Gs deve vir por conta disso ainda mais silenciosa. Claro que é difícil acreditar em tal tese, e a maior probabilidade é que a nova GS ultrapasse os 120cv de potência. Coisa que, para quem gosta de um bom motor que empurra forte, nunca é demais!

Ainda no quesito motor, se afirma que absolutamente tudo neste é novo, não havendo nenhum aproveitamento de peças ou partes originárias do motor "antigo" da R1200GS. É segurado no quadro por cima, prometendo maior distância do cárter com o solo. Ponto para o "off road".

Tudo indica que os cilindros do bom e confiável motor "boxer" sobem um pouco, ficando mais próximos do joelho do piloto, ao contrário de próximos à canela, como ocorria antes. Por conta dessa subida, as curvas de alta devem ficar um pouco mais confortável, ganhando o modelo em esportividade. O cano de escape é outro item que deve chegar com alguma mudança, vindo achatado em vez de oval como nas versões anteriores. Ganha-se com isso em espaço. Parece, contudo, muito alto, o que pode trazer prejuízo ao conforto do garupa e reduzir um tanto o espaço interno das malas laterais. Nada que a BMW não tenha pensado, óbvio, e não vá resolver se representar mais um problema do que uma solução e/ou inovação.

O cardã muda de lado, juntamente com o cano de escape. Há uma "troca", indo o cardã que estava na direita para a esquerda e o cano da esquerda para a direita. De quebra, ganha linhas mais "agressivas", adotando a cara bandida das concorrentes. Como sempre, chega-se o ponto que nunca se sabe "quem imita quem".

Suspensões não devem sofrer grandes mudanças, vez que o sistema telelever e paralever vem se mostrando imbatível ao longo dos anos, com nula tendência à mergulho natural na maioria das motos por melhor conjunto de suspensões que usem.

Bonitos faróis de "led" - estilo "anjo" ou coisa assim - devem fazer parte das novas GS, deixando a iluminação diurna mais nítida e segura.

De certo se tem que a nova R1250GS - ou R1300GS - não vai deixar barato à concorrência que vinha querendo colocar as unhinhas de fora. Vem com nova máquina para manter a liderança de mais de 30 anos no setor das "big trails", onde o "top" foi e pelo jeito sempre será da BMW.

A nós, brasileiros, resta esperar e torcer para que a BMW do Brasil traga as R1250GS refrigeradas para o país para desfrutarmos o mais breve possível da top de linha do segmento big trails.

Quem viver, verá! Ou pilotará...

Nenhum comentário:

Postar um comentário