RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Tour de moto sozinho ou com agência de viagens? Dissecando os custos

Por ter empresa de locação de moto há quase três anos e conjuntamente realizar Tours pelo Mercosul e Estados Unidos, seja com minhas seja com motos locadas de terceiros, entendi os pormenores dos custos envolvidos em um Tour de moto, respondendo, finalmente a grande pergunta que eu sempre tivera:

Afinal, qual a grande verdade? É mais barato viajar com quem prepara Tours ou sozinho? O que vale mais a pena? Porque? Quanto afinal, se gasta para viajar sozinho e com empresa como a A&K Motorcycle Rentals


Como motociclista antes de mais nada, não gosto de enrolação ou de coisas escondidas. Gosto de tudo às claras, e igualmente deixar tudo desta forma para meus clientes...

Assim, vou esclarecer a questão de custos, dissecando-os um por um, a fim de que você tire suas próprias conclusões de se é mais interessante viajar sozinho ou com uma empresa como a nossa.
Claro, de plano fique patente que não vou entrar no mérito de discussões acaloradas sobre as vantagens e desvantagens (fora as financeiras!) de se viajar sozinho (pois existem motoaventureiros que não abrem mão de NÃO ter companhia), de questões de segurança, riscos envolvidos na viagem solo, etc., pois isto vai de cada motociclista e de cada empresa, já que cada uma trabalha de uma forma e consegue manter - ou não - determinada sinergia com o grupo e cada viajante tem uma maneira de encarar as coisas. O que costumo recomendar é que, se você vai viajar de moto em grupo, contrate uma empresa onde os donos são motociclistas. Assim como se vai viajar de navio com a turma, o melhor seria contratar uma empresa de navegadores. E assim por diante.

Acredite quando lhe digo que o pior dos mundos é fazer uma viagem de moto com empresa tocada por alguém que não anda de moto, pois por mais que se esforce esta não saberá exatamente o que você deseja ver e por onde preferirá rodar. 

De igual forma, acho sempre recomendável que a equipe que organiza os Tours vá junto, e não "terceirize" o serviço. Se age desta forma, nada mais estará fazendo do que vendendo um pacote e ponto final, coisa que qualquer um faz e que alguns amigos agentes chamam de "vender baciada" (onde você pega qualquer porcaria e vende à preço vil, já que nada vale mesmo). 

Dito isto, vamos aos custos envolvidos!


DOS CUSTOS BÁSICOS ENVOLVIDOS: 

Basicamente existem custos que você escapa e outros que não escapa, custos com os quais consegue jogar e outros que não consegue, mantendo-se um mínimo de padrão...  

Vamos pegar por exemplo um roteiro que adoramos, qual seja o Tour Route 66, onde temos em torno de 10 dias de viagem.

É o mesmo tempo que você precisa para fazer uma viagem como a nossa, com um roteiro circular, saindo e chegando em Las Vegas e passando pela melhor parte da mítica 66, o "velho oeste", nos principais parques nacionais, museus da Route 66, excelentes hotéis e restaurantes, estradas desconhecidas de muitos viajantes, atrações como Bagdá Café, Roy's e diversas outras, a parte antiga da "Mother Road", cidades fantasmas do trajeto, etc.

Tudo isto sem maiores correrias, pois é óbvio que se pode fazer tal roteiro em muito menos tempo, mas para isso você vai deixar de fora muitas atrações, ou ter de ver tudo correndo, o que lhe garanto que é péssimo! 

Aqui você deve considerar basicamente os seguintes custos "imutáveis":
- locação de motocicleta = 7 a 8 diárias
- diárias de hotel = 10 diárias
- combustível = aproximadamente 200 litros
- entradas em parques e museus = de 3 a 5 entradas
- locação de carro = 2 a 3 diárias
- alimentação = aproximadamente 30 refeições
- traslados de táxi = de 4 a 6
- passagens aéreas = 2 (ida e volta)

Motores ligados, vamos em frente!


QUANTO CUSTA IR SOZINHO - ITEM A ITEM

Vamos partir do pressuposto que você irá querer o mínimo de qualidade e segurança em sua viagem, ou seja, não vai rodar 2500km pelos Estados Unidos em uma moto caindo aos pedaços e ainda sem seguro ou só de mochila nas costas, vai ir no parque nacional do Grand Canyon e outros parques, como o Zion, vai ir do aeroporto ao hotel em um meio de transporte que não seja caminhando duas ou três horas à pé (lembrando que lá qualquer distância é enorme, não é como aqui no Brasil, com aeroporto enfiado dentro da cidade!), vai se hospedar em algo melhor do que hotel ruim devendo estrelas com público "duvidoso", enfim, vai requerer o mínimo de conforto que uma viagem internacional merece

Aqui, você terá basicamente os seguintes custos: 

- Locação de moto, com seguro e GPS, 8 diárias = total de USD 1,550
- 10 diárias de hotel, com taxas, média de 3 estrelas = USD 1,300
- combustível, considerando 3 diárias com carro = USD 250
- entradas em parques e museus = USD 200
- pedágios = USD 100
- locação de carro médio, 3 diárias, com GPS = USD 350
- alimentação, com bebida e gorjetas = USD 1,500
- traslados de táxi, com gorjetas = USD 150
- passagens aéreas = USD 1,000

+ 6,38% de IOF

Total = USD 6,808.32

É claro que isto é uma conta "enxuta", pois sempre existirão outras despesas a mais ou a menos, como por exemplo em passagens aéreas onde você pode ter milhas para usar, pegar rotas com mais de uma parada em empresas "baratas", valer-se de promoções, etc. De outros custos, porém, você não escapa de pagar até mais, como locação de moto, diárias, entradas, combustível, pedágio, traslados de táxi, gorjetas, etc., pois os que apontamos são os preços gerais MÍNIMOS para serviços minimamente razoáveis. Sugerimos que nossos leitores pesquisem na internet sobretudo quanto a locações de motos e preços de passagens para tirarem suas próprias conclusões, verificando a correção do aqui apontado.

Já os custos de uma empresa como a nossa DEVERIAM ser os mesmos seus, menos passagens aéreas e alimentação, certo? Assim, seu custo conosco ou outra empresa, para viajar em grupo, fora passagem, deveria ser de USD 4,148.82 correto? 

Errado. 

Nossos pacotes custam MENOS que isso, com mais vantagens agregadas. Qual a mágica? E principalmente, o que você ganha com isso? 


CONSEGUINDO VANTAGENS PARA VOCÊ

Aqui a discussão não deve mais se manter apenas na questão "custos", pois existem serviços, segurança e facilidades agregadas que você nunca vai ter viajando sozinho. Lhe garanto que é impagável saber que em uma possível queda você vai ter logo atrás um carro de apoio para lhe socorrer, bem como não tem preço simplesmente poder se despreocupar onde vai carregar a mala. Além disso um carro de apoio pode ser todo o necessário para acabar com o receio da garupa que não está pronta para rodar quase 3000km em cima de uma moto desconhecida. 

A despreocupação na hora que você chega no aeroporto sabendo que terá alguém de prontidão para lhe levar a seu hotel ou no momento que terá de partir dos Estados Unidos, também não tem preço e deve ser pesado quando você põe as contas na ponta do lápis.

Uma boa empresa especializada no tipo de turismo que você quer fazer - de MOTO, claro! - vai sempre escolher os melhores hotéis e pagar todas diárias e taxas; providenciar carro de apoio; Tour Leader; combustível durante todo o trajeto; pagamento de pedágios; de entradas em parques e museus; jaqueta de motociclismo; road book; pagar as diárias das motocicletas, seus seguros e suas taxas e inúmeras outras coisas que muitas vezes o viajante esquece que são vantajosas. 

Já conheci motociclistas que se recusavam a viajar com empresas sustentando a alegação infundada de que apenas não gostavam de "excursões", que preferiam ser "livres para decidir horários", e diversas outras desculpas. Conclusão: invariavelmente acabava em briga entre o grupo!

Quando não se tem um roteiro, SEMPRE vai ter um que não quer ir em determinado lugar; que não concorda com determinado hotel (quer mais caro, mais barato ou simplesmente diferente); que não está pronto no horário combinado e se irrita com os demais que deveriam esperá-lo; que acha (por puro achismo mesmo, pois não conhece) que determinado trajeto é melhor; que quer correr mais na estrada ou andar mais devagar, colocando toda segurança do "bonde" em risco; que quer ir "na louca" sem reservar nada (e acaba quebrando a cara, pois nos EUA não é todo lugar que tem vaga); etc. 

Um bom "staff" e bom Tour Leader vai ajustar tudo isso, fazendo o grupo rodar com segurança pelas estradas que você desconhece, escolhendo os melhores trajetos, ficando atento para horários, clima, trânsito, traçado do roteiro, reservas e diversas outras variáveis para que você e seu grupo possam apenas aproveitar o passeio. Afinal, são férias, e não momento para arrumar incomodação para a cabeça! 

Pesando tudo isso você acaba percebendo que é um ótimo negócio fechar um pacote com uma boa empresa de mototurismo! Mais ainda, conosco!

Abaixo os valores de nossos pacotes para a Route 66, a fim de que você possa comparar e fazer o cálculo da sua economia:

Roteiro de 9 dias - Velho Oeste - Las Vegas e Route 66:
http://www.aekmotos.com/roteiro/tour-route-66-2016

Roteiro de 14 dias - Route 66 Completa - Chicago a Los Angeles:
http://www.aekmotos.com/roteiro/tour-route-66-2016-completo






























E você? Já decidiu sua ida para a mítica Route 66?

Vamos juntos!

Até breve!


Crédito das fotos: 
A&K Motorcycle Rentals


A&K Motorcycle Rentals
Aluguel de motos no Brasil e no Mundo
Tours pelo Mercosul, Estados Unidos, Portugal, África e outros diversos destinos
Consulte nossos pacotes para grupos:  aek@aekmotos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário