RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

É você quem faz pequenas manutenções na moto?

Também em homenagem ao dia dos pais que se aproxima, repasso alguns conhecimentos dele,  os quais tem tudo a ver com motos!!!

Já disse sempre meu pai: "Se você não souber fazer, alguém vai saber...". Demorou algum tempo para que eu pudesse entender a "profundidade" das palavras de meu velho e sábio pai. 


Nesse meio tempo, desde cedo, colocou-me ferramentas à mão, e aprendi a usar desde uma chave inglesa à uma furadeira, lixadeira ou serra tico-tico. Quando era bem "piazito", meu passatempo predileto era ficar enfiando pregos em madeira. O "velho" reclamava que eu gastava todos os pregos dele, ao mesmo tempo que, no fundo, no fundo, ficava todo orgulhoso... Agora, é madeira? Deixa comigo! Precisa fixar um quadro, uma prateleira no concreto? Sou eu no DVD (e os manos só na fita...). Elétrica, hidráulica e até parede, se for preciso, eu mesmo levanto. Pode não ficar uma coisa "linda de morrer" (às vezes falta ferramenta específica, a cola apropriada ou a serra "ideal" e a gente faz como dá mesmo), mas resolvo o que é preciso.

Por conta de não ser ignorante e hoje compreender o que meu pai queria dizer, eu quase tenho um treco quando vejo anúncios do tipo "marido de aluguel". Marido de aluguel? Como assim? E o que isso tem a ver com motos???

Chegamos a um ponto de "especializações"  (ou de acomodação mesmo) que tem muito homem por aí  que não sabe trocar sequer uma lâmpada, uma resistência de chuveiro e ainda se defende dizendo que tem medo de levar choque ou que já trabalha o dia inteiro... "Então vou chamar um técnico!", grita de lá a mulher prá esses incompetentes, indignada - com absoluta razão - com a incapacidade do "traste" com o qual casou, que muitas vezes não se restringe apenas a falta de saber manusear as própias ferramentas. Se é que as tem... E quem tem ferramentas, deve saber usar.

"Prá bom entendedor, meia palavra basta!", também diz sempre meu pai. Assim, espero que vocês estejam entendendo toda profundidade do post. 

Pai que é pai de verdade, que ainda é o "macho alfa" dentro de casa e para sua família, sabe de cor e salteado o projeto de um bom carrinho de lomba (ou de rolimã, como conhecem outros o aludido brinquedo). Não é que nem uns que outros que ultimamente pululam por aí e assumem nomes esquisitos como "metrossexual" e do gênero. O bom pai trabalha o dia inteiro de sol à sol, bota o filho na "cacunda" ao final do dia, arruma o chuveiro em casa e ainda tem "pegada" com a esposa. Não precisa "provar sua masculinidade" fora de casa, pois sabe, acima de tudo, o quão importante é o respeito e um caráter descente. Assim, a "retribuição" é certa e o "marido de aluguel" fica completamente sem serviço dentro da sua casa...  Não passa nem perto de sua porta! Coisas como estas foram o que sempre aprendi com meu velho pai, que muito ainda me ensina volta e meia.

E a estas alturas você já está se revirando e quase gritando: MAS QUE RAIOS!!! O QUE ISSO TEM A VER COM MOTO!!!???

Meu caro... Entenda de uma vez por todas!

Se você não souber mexer na sua moto, fazer pequenas manutenções, me desculpe, mas tá na hora de aprender! Caso contrário, sempre vai ter alguém que sabe fazer. E depois não reclame se lhe cobraram os tubos na concessionária para trocar uma simples lâmpada que você compraria na esquina por menos de "dérreau" e trocaria em menos de dez minutos. 

É claro que não estou dizendo que você tem de aprender tudo de mecânica de motos e desmontar a metade dela (como é muito comum fazerem lá pros lados da europa, talvez até porque a mão de obra é produto mais caro ainda) para se considerar útil, mas trocar as pastilhas de freio, o óleo e os filtros, a câmara de ar, poxa, convenhamos!!! Isso é o mínimo que você tem de saber fazer! E não me venha com a desculpa prá lá de furada que você não tem tempo ou não tem espaço no prédio! Se tem moto, é porque tem garagem, prá onde dá prá levar as ferramentas e aprender a tratar bem da "amada". Ou você conhece até "pelada" a sua moto ou vai ter que recorrer a quem conheça...

Sei lá! De minha parte, não entrego a motoca na mão de qualquer mané. Posso até chegar mais tarde no serviço, mas quem trocou as pastilhas de freio da minha moto hoje fui eu, com muito orgulho! Da mesma forma que não contrato "marido de aluguel". A minha esposa, graças à Deus e aos ensinamentos de meu pai, não precisa disso. Nem nunca vai precisar enquanto eu tiver minha "caixa de ferramentas" às ordens dela e for vivo. 

De igual forma minhas motos para os pequenos reparos, me desculpem os mecânicos de profissão e concessionárias.  

Lá em casa, o "macho alfa" sou eu. Meu filho me chama de "pai", minha esposa de "marido" (ou denominação carinhosa impublicável aqui) e a minha moto sabe muito bem quem manda nela!

Afinal, sou eu quem carrega o guri na cacunda, conserta tudo em casa e depois desfruta das curvas...


Feliz dia dos pais à todos, casamento e manutenção - inclusive da moto - sempre a mil!

Até o próximo post!!!

Crédito das fotos:
1ª - site Groupon: http://www.groupon.com.br/ofertas/sao-paulo---premium/marido-service/4626022
2ª - blog da internet: http://joamaral.blogspot.com.br/2010/03/carrinho-de-lomba.html
3ª - site www.advrider.com

2 comentários:

  1. Muito legal, gostei!
    Tambem faço muita coisa na base do: Faça Vc. mesmo!!
    Valeu. Obrigado e Feliz dia dos Pais.
    Ninja - Loba de Aço535

    ResponderExcluir
  2. ADV,

    Sempre se arruma um tempinho ou para brincar com filho ou para um abraço na amada, feliz daqueles que podem fazer pequenos consertos, é uma boa terapia e "Um feliz dia dos Pais".

    Daisson
    Osório - RS

    ResponderExcluir