RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Tour Inverno 2014 - Cordoba, Mendoza, Las Leñas e Buenos Aires de moto!!!




For english version, click HERE!


A partir de hoje, por solicitação de vários leitores e amigos, volta e meia publicaremos algumas sugestões de roteiros para fazer de moto, já que acreditamos estes auxiliarão os motoaventureiros. Como sempre, a preocupação primeira do blog da A&K Motos e Turismo é com o motociclista.

Estes são baseados nos que já fizemos, nos que queremos fazer em breve e dos que amigos já fizeram, dividindo suas experiências conosco. A maioria destes roteiros serão de 15 a 30 dias, pois está mais próximo da realidade das férias de nós brasileiros. Outros trajetos mais compridos e/ou dicas de nossos leitores serão oportunamente publicados, assim como indicações para aqueles que querem se aventurar em Tours pela europa. 


O Tour que agora apresentamos, faz parte do que será realizado em agosto de 2014 agora, pela A&K Motorcycle Rentals , e nada mais é do que um roteiro mais curto do que os motociclistas experientes mais cedo ou mais tarde acabam fazendo. 

Para os que são do Sul, em um determinado momento se tem de ir ao Chile via Mendoza, descer os caracoles via paso Tunel Cristo Redentor, de lá baixar até Osorno ou Puerto Varas/Mont, atravessar em retorno por 7 lagos à Bariloche e de lá retornar para Buenos Aires (ou antes esticar até Peninsula Valdez), Punta e Chui, entrando novamente no Brasil. Não há motociclista que não tenha feito ou que não vá fazer esta viagem! Contudo, é roteiro longo, de aproximadamente 10.000km, e que não é feito sem correria com um mínimo de 30 dias. Caso contrário você vai conhecer só asfalto.  

Apesar de gostar demais de estrada (tanto quanto e preferencialmente de moto), uma viagem de moto tem de ser, ao meu ver, sobretudo agradável. Caso contrário hoje prá mim é tortura, não passeio. "Correr atrás do relógio" não é mais prá mim... Claro que há aqueles que preferem subir na moto e não sair de cima até rodar no mínimo 1000 km por dia. Sei disso porque já fui assim também! Já cheguei a fazer 1300km em uma única tocada, mal descendo da moto para esvaziar a bexiga, um gole de água e só. 

Mas com o tempo percebi que apenas rodar, rodar e rodar não é o todo da viagem e que nem só milhares de quilômetros nas costas fazem um bom motociclista. Estes são consequência. Não devem ser regra de vida! Sair cedo e chegar cansado ao final do dia nos hotéis, pegando o primeiro que se vê pela frente, nem sempre é uma experiência agradável. Na maioria das vezes, muito pelo contrário. Além de que é, de um jeito ou de outro, um risco potencial.

Ou isso ou eu que estou ficando velho e prefiro agora um pouco mais de cada boa coisa da vida. Um pouco mais de conforto (mas sem ficar no sofá da sala, pois isso é atestado de óbito, não conforto!), um pouco mais de estrada (mas sem ser um adorador de provas de Iron Butt), um pouco mais de boas jantas (o que não significa comer até não poder andar, e sim comer com qualidade), um pouco mais, enfim, do que a vida tem de bom para nos oferecer. 

Assim, 21 dias (ou 3 semanas) é um período razoável para se rodar aproximadamente 5700km, com alguns tiros mais compridos e outros mais curtos, procurando-se rodar primordialmente pela manhã, deixando mais espaço para chegar ao hotel e confortavelmente tomar um banho, comer algo e visitar a cidade, conhecendo os costumes e a população do lugar, passeando pelas ruas dos lugarejos, escolhendo um bom boteco para um petisco e uma cerveja ou vinho à noite. 

É nessa linha o roteiro que faremos na A&K Motorcycle Rentals , e que é nossa dica do post de hoje. Vejam:

   Data
    Dia
Trajeto
Quilometragem

01/ago
       1
Canoas - Uruguaiana
641 km

02/ago
       2
Uruguaiana - Santa Fé
410 km

03/ago
       3
Santa Fé - Cordoba
370 km

04/ago
       4
Cordoba - Mina Clavero
158 km

05/ago
       5
Mina Clavero - Mendoza
504 km

06/ago
       6
Mendoza (vinicolas)
0 km

07/ago
       7
Mendoza (Andes)
150 km

08/ago
       8
Mendoza - Neuquén
788 km

09/ago
       9
Neuquen - S.M. de Los Andes
428 km

10/ago
     10
S.M. de Los Andes
0 km

11/ago
     11
S.M de Los Andes
0 km

12/ago
     12
S.ML.Andes - Choele Choel
426 km

13/ago
     13
Choele Choel - Bahia Blanca
650 km

14/ago
     14
Bahia Blanca (Museo Fangio)
0 km

15/ago
     15
Bahia Blanca - Buenos Aires
400 km

16/ago
     16
Buenos Aires
0 km

17/ago
     17
Buenos Aires 
0 km

18/ago
     18
Buenos Aires - Punta del Este
308 km

19/ago
     19
Punta del Este - Chui
222 km

20/ago
     20
Chui - São Lourenço
333 km
21/ago
     21
São Lourenço - Canoas
200 km


Total

5763 kms




A pergunta que todos se fazem é sempre a mesma: "Mas porque ir no inverno? Não é muito frio para se motocar no inverno?"

Não... Para se andar de moto, o ideal é que se esteja o mais protegido possível, como todo equipamento de proteção, que inclui jaqueta de cordura ou couro, luvas, calça de cordura ou couro, botas e um bom capacete fechado e/ou escamoteável. E tudo isso esquenta um bocado. É certo que sobre a moto, a uma velocidade de 100km/h, a temperatura pode cair em até 10 graus, e isso para temperaturas de 15 ou menos graus, tipicamente observáveis no inverno, levam-nas bem próximo de marcas negativas.  

Claro, não vou lhe mentir que é "quentinho", mas uma boa segunda pele mais um moleton e a roupa de proteção, dão conta do recado. E chegar num bom hotel com banho quentinho e calefação depois de uma motocada, não tem preço! Outrossim, por uma razão que desconheço, a mim me parece que as boas comidas ficam ainda melhores no inverno.Fora isso, caminhar no friozinho me pareceu sempre mais agradável do que encarar um calor insuportável de final ou começo de ano.


Quem quiser fazer este Tour com a A&K Motorcycle Rentals já pode nos escrever para o e-mail aek@aekmotos.com que repassamos maiores informações de valores e condições assim que tivermos fechado com todos os hotéis que iremos ficar. Desde já podemos lhes garantir valores convidativos incluindo a locação da moto (em valores muito menores do que do site) e tudo mais de direito que sempre se quer.

 E você? Encara uma motocada no inverno? 

Então vem com a gente!

Até breve! 


Crédito das fotos:
 Pessoais e google images

Nenhum comentário:

Postar um comentário