RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

terça-feira, 22 de maio de 2012

Triumph finalmente livre do Grupo Izzo! - Tiger será produzida em Manaus!!!

Boas notícias no mundo motociclístico. Aliás, boas não! Ótimas!!!

A Triumph, seguindo os passos da Harley Davidson, não está mais com  o Grupo Izzo. Além disso, tudo indica que a próxima marca a deixar este grupo que gera tanta polêmica é a KTM. 


Na página da Triumph do Brasil ( http://www.triumph.co.uk/br/ ) já existe declaração dando conta de que a partir de julho, as motos da marca já estarão disponíveis ao consumidor brasileiro.

Mas no que isso impacta a vida do motociclista? 

Muito simples... Abre o leque da concorrência, tirando o "monopólio" principalmente das "Big Trails" de média e alta cilindrada (800cc e 1200cc), das mãos da BMW. Sim... Pois atualmente a Super Ténéré da Yamaha ainda não faz frente a R1200GS em volume de vendas, e tampouco a Ténéré 660 faz frente à F800GS, até mesmo por culpa exclusiva da Yamaha mundial que insiste em não colocar em suas motos o aclamado ABS. A Suzuki "parou" no tempo com a DL 1000 e 650 (até hoje não sabem da existência do ABS também), e outras motos como a Varadeo e Transalp da Honda, ou foram descontinuadas ou de igual forma ainda acreditam que o consumidor brasileiro tem de engolir quieto projetos ultrapassados. 

E onde há concorrência, só existem motivos para comemorar! A BMW agora vai ter de "suar" a camisa, para manter sua F800GS atualizada em com preços competitivos. Se antes não tinha páreo, agora tem. 

A Triumph Tiger 800 XC é uma moto moderna, com tecnologia embarcada de sobra para não fazer feio (ou não se mixar, como se diz aqui no sul) frente a nenhuma BMW de mesmo tamanho, bastante apta ao "off road", embora alguns comparativos digam que no off melhor ainda ir de BMW, enquanto que no asfalto, a Triumph se torna imbatível.

Aposta ainda na briga com a BMW R1200GS Adventure, enquanto a BMW "dorme nas palhas" esperando não sei o quê para apresentar sua NOVA R1300GS Adventure (Ou será R1250GS? vide http://aekmotoadventures.blogspot.com.br/2011/02/novissima-r1300gs-adventure-em-breve.html e ainda http://aekmotoadventures.blogspot.com.br/2012/01/nova-bmw-r1250gs-arrefecida-agua-esta.html ), apresentando sua Big Trail já conhecida lá fora Tiger Explorer, e sem dúvida incomodará no setor naked (com a imortalizada Triumph Speed Triple apresentada no filme "Missão Impossível") e muito mais no nicho das Sport Tourings com a Sprint GT, uma comedora de asfalto inveterada, que esbanja tecnologia e conforto, oferecida a preço muito inferior às BMW de mesma categoria (ainda que os defensores da marca BMW, como eu, insistam em dizer que nada bate uma BMW). 

Ao final das contas, o que o motociclistas quer não é só marca consagrada, mas sim uma moto boa por preço que possa pagar. 

Resta saber a que preço nos chegará, por exemplo, a Tiger 800 XC. Num comparativo "tosco", a Tiger lá fora custa USD 2000 menos que a F800GS, o que pode significar, numa projeção otimista, que aqui a mesma poderá custar em torno de uns 4 a 5 mil reais menos que a F800GS, o que já fará o consumidor brasileiro pensar. 

E você? Vai encarar a Triumph ou continuará fiel a BMW? 

Eu confesso que já fiquei pensando...

2 comentários:

  1. Bom, a BMW é a rainha das Bigs até hoje, inclusive com a Super da Yamaha que acabou de lançar, com tecnologia nova e já é inferior a velhaca GS a ar. Mas, a Explorer 1200 da Triumph o combate será duro, inclusive para a GS800 também, afinal a Tiger800 parece ser uma bela máquina. Então, nesta categoria competirão a: GS (velha ou nova), Explorer e Super, sendo que se a GS Adventure caso seja mantida, acho que é uma categoria separado, afinal são 33 litros de combustivel e p qq super aventura, essa será mais adequada.

    Tem a Honda também com a VFR1200X CrossTourer que deve desembarcar logo por aqui, mas realmente é bem mais asfaltica e deve bater de frente com a nova Kawa Versys 1000 e com a Ducati MultiEstrada.

    E em outra ponta a KTM 990 ou a 1300 que andam especulando, bem off e noutra categoria.

    Vlw,
    MM
    -

    ResponderExcluir
  2. dois mil a menos....mentira vai ser o mesmo preco, a bmw vem com abs de serie e na trimp seria opcional...agora 4 a 5 mil reais a menos e com abs....com aquele motor!!!!meu Deus deixa o F800GS pra quem vai viver na lama...eu vou de Trimp, Tiger na cabeca!!!

    ResponderExcluir